MARIA AUXILIADORA DE ABOIM MACHADO

image_pdfimage_print

Nasceu no dia 22 de dezembro de 1943, filha do comerciante Dirceu Faria de Aboim e da dona de casa Dalva Mendonça de Aboim.

Estudou o primário na Escola Nossa Senhora da Conceição, fazendo o exame de admissão, no Instituto de Educação Rui Barbosa, onde estudou até a 8ª série do ginasial.

Perdeu o seu pai muito cedo, contando com o apoio incondicional do seu avô materno Manuel Antônio Mendonça, viúvo, que veio residir com a filha Dalva e sua neta Celi, que desde criança, sentia profundo gosto pela música estimulada pelo avô, que lhe presenteou com um acordeom Scandali e depois com um piano.  Estudou música na Escolinha da professora Aglaé D’Ávila e posteriormente no Conservatório de Música do Estado.

Sempre teve o sonho de ensinar e abrir uma escola. Certa feita, recebeu do avô uma almofada de carimbo, que se constituiu em um estímulo para levar avante o seu sonho de ensinar: “guarde essa almofada para quando você abrir o seu Colégio”.

Aos 14 anos de idade perdeu o querido avô Maneca, mas continuou estudando piano na Escolinha de Música, compensando o pagamento da mensalidade, ministrando aulas de iniciação musical as crianças menores. Possuidora de uma boa caligrafia musical, copiava músicas para crianças em papel pautado, plastificava e vendia aos pais de seus alunos.

Ainda, fazendo o curso secundário no Atheneu Sergipense, continuou dando aulas de música na escolinha da professora Aglaé. No início do curso universitário, fazendo Serviço Social, fez concurso para o Serviço Social da Industria (Sesi) sendo aprovada para professora da pré-escolar no Centro Educacional João Bolinha. Durante esse período, participou do programa radiofônico O Gato de Botas – programa infantil da Rádio Cultura.

Ao terminar o Curso de Serviço Social na UFS, passou a exercer no próprio Sesi a função de Assistente Social, trabalhando com os operários e seus filhos.

No Sesi, galgou posição de destaque sendo Chefe do Departamento de Serviço Social, Diretora da Divisão de Educação e Assessora da Superintendência, criando uma série de Projetos de Educação e Serviço Social implantando em São Cristóvão vários Centros Sociais, visando atender à comunidade carente daquela cidade, sempre voltada à educação e à assistência social das crianças.

Fez o concurso para o INSS e, tendo sido aprovada, na mesma época, foi convidada para assessorar a criação do Instituto de Orientação às Cooperativas Habitacionais (Inocoop) em Sergipe, implantando três cooperativas habitacionais.

Em 1972, casou-se com Carlos Waldemar Resende Machado (in memorian) com quem teve quatro filhos: Luciana, Carlos Waldemar, André, Nathalie e Valdenice. Considera também como filhos do coração os seus sobrinhos: José Elerton e Sylvio Murilo, cujo pai faleceu muito jovem.

Participou da seleção e foi aprovada na Universidade Federal de Sergipe (UFS) para fazer o curso de Pós-Graduação em Educação Pré-Escolar, e depois em Psicologia, assumindo, posteriormente, por concurso público, a cátedra Psicologia, onde trabalhou durante 28 anos.

Em 1974, com apoio incondicional do seu esposo concretizou o sonho de criança e adolescência ao fundar “O Mundo da Criança” – Escolinha Especializada, atendendo todo ciclo da Educação Infantil.

Fundou então uma nova unidade de ensino, o Colégio São Paulo, em 1983, implementando o ensino fundamental. Com a consolidação da Instituição, em 1993, o ensino médio passou a ser ofertado.

O ano 2000 marca o início de estreitamento de parcerias entre O Mundo da Criança, Colégio São Paulo e o Sistema de Ensino COC com o objetivo de expandir e potencializar o processo de ensino/aprendizagem.

Na UFS, também exerceu o cargo de vice-chefe do Departamento de Psicologia e presidente do Colegiado do Curso de Psicologia. Foi Vice-presidente da Organização Mundial de Educação Pré-Escolar em Sergipe (Omep/SE), entre 1976 e 1980, e, foi membro do Conselho Estadual de Educação no período de 1998 a 2006.

É membro da Diretoria da Fenen-SE e do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares do Estado de Sergipe.

Assim, com disciplina, interesse e comprometimento foi acumulando aprendizagens e experiências positivas que a enriqueceram como educadora e ser humano.

ESCOLAS FILIADAS
ENCARTES
Localização
Fale Conosco: